Recipac
Associação Nacional de Recuperação e Reciclagem de Papel e Cartão

As embalagens de cartão para alimentos líquidos (ECAL) provenientes da recolha selectiva são triadas e enviadas para fábricas recicladoras de papel.

ecal_producao.jpgSendo o papel/cartão o principal constituinte das ECAL é natural que a reciclagem se dê pelo aproveitamento das fibras presentes nas embalagens.

A desfibração é o processo universal de reciclagem de papel/cartão. Este processo começa com o enchimento do “hidropulper” com água e embalagens (nesta caso ECAL). 

A mistura é agitada durante 15 a 60 minutos a as fibras separadas dos restantes constituintes. O polietileno e alumínio são sucessivamente separados através de processos de centrifugação/filtração. 

Após as fibras estarem totalmente separadas do polietileno e alumínio seguem para a máquina de papel sob a forma de “pasta de papel”, onde é transformada, após sucessivas fases de secagem, em papel/cartão reciclado.

O polietileno e alumínio resultantes deste processo possuem propriedades térmicas e mecânicas bem definidas que lhes permite a valorização através de vários processos.

Mais informações: http://www.afcal.pt/

Materiais reciclados a partir das ECAL:

  • Canetas, réguas, baldes e vasos feitos a partir do polietileno das ECAL.
  • Caixas de cartão, caixas de ovos, rolos de papel e sacos de papel feitos com as fibras recicladas das ECAL.

produtos_papel_5.jpgprodutos_papel_4.jpgprodutos_papel_3.jpgprodutos_papel_2.jpgprodutos_papel_1.jpg